A CERN recorre ao Pentaho para otimizar as operações

Estudo de caso

Desafio: A CERN precisava de uma plataforma corporativa de análise e geração de relatórios e um armazenamento de dados para oferecer uma visualização em 360 graus dos seus dados.

Solução: O Pentaho Data Integration e o Pentaho Business Analytics oferecem integração, análise e controle de acesso completos, além de um armazenamento de dados em tempo real.

Resultados

  • Permite que os pesquisadores acessem e usem a análise avançada;
  • Automatiza o processo de ETL para criar um data warehouse praticamente em tempo real;
  • Aprimora o desempenho de consulta e execução;
  • Fornece controle de acesso granular com camada personalizada de acesso aos dados para análise.

A CERN, organização europeia para pesquisa nuclear, tem mais de 15 mil cientistas e outros usuários que acessam dados.

O desafio: substituir os sistemas ultrapassados por uma plataforma unificada de dados e análise

O grupo AIS (Advanced Information Services - Serviços Avançados de Informação) da CERN é responsável por entregar sistemas corporativos de informações, que sejam integrados e confiáveis, a toda a organização. O grupo AIS buscava substituir a instalação existente de sistemas comerciais e internos, que realizam mais de 650 mil execuções de relatório ao ano, por uma solução unificada de análise de negócios, geração de relatórios e data warehouse para que os mais de 15 mil usuários da comunidade CERN tivessem uma visualização única e completa dos dados operacionais.

Como um organização internacional não governamental, a CERN enfrenta desafios únicos com seus sistemas corporativos de informações. Não apenas para cumprir o papel de empregadora de cerca de 2.500 funcionários, mas também de universidade (com centenas de alunos e milhares de cientistas visitantes, todos os anos) e de "estado" que fornece cobertura social (pensão, plano de saúde, etc.) aos funcionários e às respectivas famílias. Sendo assim, os dados que a CERN armazena de seus funcionários estão sujeitos às normas rigorosas de conformidade e proteção de dados. A função de cada pessoa na comunidade CERN (cientista ou engenheiro em tempo integral, estagiário em meio período, segurança, bombeiro, etc.) submete seus dados a privilégios exclusivos de segurança e acesso.

Os sistemas operacionais da CERN lidam com uma grande variedade de tomadas de decisões, tais como conceder aos funcionários acesso aos maiores e mais complexos aceleradores de partículas do mundo ou alocar orçamento para projetos.

Após uma atualização de US$ 150 milhões, a CERN reiniciou em junho seu principal acelerador, o LHC (Large Hadron Collider). Dessa forma, é crucial que os processos administrativos não interrompam a pesquisa inovadora que está em andamento no laboratório. Os sistemas precisam ser rápidos, simples e integrados a processos e aplicativos conhecidos.

Os sistemas da CERN precisam gerenciar altos volumes de dados confidenciais sobre os funcionários e as respectivas famílias. Consequentemente, a segurança, o controle de dados e a integridade das informações são primordiais. Após uma análise de cinco diferentes plataformas proprietárias e de código aberto, a que melhor que adaptou às nossas necessidades foi o Pentaho.
– Jan Janke, vice-diretor de grupo, CERN

A solução: Pentaho Data Integration e Pentaho Business Analytics

A CERN selecionou as plataformas Pentaho Business Analytics e Pentaho Data Integration para substituir diversos sistemas heterogêneos e fornecer uma visualização completa de todos os dados operacionais nativos.

A equipe de cinco desenvolvedores da CERN, seguindo o aprendizado inicial e a colaboração da parceira do Pentaho, a alemã Ancud IT, desenvolveu uma abordagem inovadora para garantir direitos de acesso consistentes em todo o perímetro dos aplicativos, incluindo dados expostos pelo Pentaho. Os direitos de acesso são calculados usando-se um mecanismo de normas que leva em consideração as necessidades dos negócios e os requisitos legais. No Pentaho, esses direitos são implementados estendendo-se o mecanismo de análise do Pentaho (Mondrian).

Com o Pentaho Data Integration, a CERN conseguiu migrar de um ambiente de ETL, que exigia muito trabalho manual, para um automatizado, dissociado dos dados proprietários.

A CERN está implantando os relatórios e a análise por meio da API de serviço web do Pentaho para permitir que mais de 15 mil usuários acessem os serviços usando seus aplicativos habituais.

O resultado: a solução Pentaho aprimora a velocidade, a segurança e a funcionalidade

Atualmente, a CERN executa o Pentaho no ambiente de produção, mas até o fim de 2015, ele estará em pleno funcionamento como sua única plataforma para AIS, substituindo a maioria dos sistemas legados.

A CERN implementou diversos relatórios de teste para os usuários finais. Os feedbacks entusiasmados já mostraram que os relatórios são mais fáceis de usar e que sua execução é mais rápida que a da solução de BI anterior.

A implementação de segurança da CERN com o Pentaho está completa e sendo testada internamente. A meta da CERN é fornecer um novo data warehouse comum, que será a principal fonte para todos os dados corporativos.

A equipe de desenvolvimento está motivada e orgulhosa de poder trabalhar em um projeto de missão crítica usando tecnologias modernas.

Com a solução Pentaho, a equipe de desenvolvedores qualificados de AIS tem o controle da plataforma para personalizá-la de acordo com os complexos requisitos de segurança e proteção de dados da CERN, incluindo os níveis de acesso seguro com base em normas.

Você está no lugar certo!

Hitachi Data Systems, Pentaho e Hitachi Insight Group agora são uma só empresa: Hitachi Vantara.

Obtenha mais soluções e inovações em dados de um parceiro que você pode confiar.