Falando de finanças: A arte de defender a sua proposta de negócios- parte 1

Por Paul Lewis*

É solitário lá na frente.

E há silêncio. Muito silêncio. O momento entre a minha apresentação e o meu deslocamento até o meio da sala parece durar alguns minutos, e não os segundos que de fato se passaram. No mesmo momento em que eu faço minha entrada e pronuncio a primeira palavra, eu aciono o interruptor que me transforma de um ninguém parcialmente iludido... em um CTO, um "especialista" de fala ágil totalmente iludido, com "expertise" em qualquer que seja o assunto que se encontre na tela.

Após vários anos demonstrando softwares para literalmente milhares de pessoas, desenvolvi esta mudança de personalidade em tempo real, como a de um Dr. Paul a um Mr. Lewis. Assim, com o tempo, eu aprendi algumas coisas sobre falar em público. E aqui vão algumas das minhas dicas:

  • Dizer "e a conclusão lógica é" não torna a minha afirmação lógica ou definitiva: já tive perguntas suficientes da plateia discordando das minhas posições para corrigir este comportamento.
  • Quanto maior a plateia, mais importante se torna a primeira fila. Palcos maiores significam mais luzes mais quentes apontadas diretamente em você, e portanto as únicas pessoas que você consegue ver estão sentadas bem na sua frente. Faça contato visual com algumas dessas pessoas para manter a plateia incluída nesse seu interessante monólogo.
  • Quanto menor a plateia, mais o diálogo será esperado. Cinco pessoas requerem uma conversa em círculo, 1000 pessoas requerem um monólogo de 45 minutos sem perguntas.
  • Utilize bastante as estratégias de distração: deixe a plateia à vontade com elementos de humor visual bem colocados ou histórias engraçadas relacionadas ao contexto de sua fala. Isso irá atrair a atenção e deixar todos à vontade durante a apresentação.
  • Não se preocupe, vai terminar logo: nem todas as piadas vão ser grandes sucessos de público. Procure sentir-se confortável com algumas tropeçadas, mas tente evitar grandes tombos conhecendo o contexto geral. Apresentações não duram muito, e você terá muitas outras chances no futuro.

E as suas, quais são? Compartilhe-as aqui. Espero a companhia de vocês em meu próximo post para continuarmos esta discussão. Até breve!

* Paul Lewis é CTO da Hitachi Data Systems no Canadá, além de responsável pela região no Escritório Global de Tecnologia e Planejamento (Global OTP).

Você está no lugar certo!

Hitachi Data Systems, Pentaho e Hitachi Insight Group agora são uma só empresa: Hitachi Vantara.

Obtenha mais soluções e inovações em dados de um parceiro que você pode confiar.