Press Release

July 24, 2020

O valor dos dados e da inteligência artificial para a área da comunicação

Por Paulo Henneberg, head de marketing da Hitachi Vantara

São Paulo, julho de 2020 - Seres humanos e máquinas trabalham muito bem juntos. E apesar de toda a polêmica em torno desse tema, sabemos que não é possível substituir um pelo outro, já que ambos se complementam. Os robôs precisam das pessoas para programá-los, por outro lado, nós precisamos dessas tecnologias para ganhar agilidade.

Na área da comunicação os impactos são extremamente positivos, refletindo-se na aceleração da produção de conteúdo, na expansão da circulação de novos produtos, na facilidade de acesso a dados e a fontes de informação, no aumento de produtividade, e principalmente no combate às fake news.

Li uma pesquisa global sobre jornalismo e inteligência artificial da The London School of Economics and Political Science (LSE) realizada com 71 organizações de notícias de 32 países, constatando que as redações usam inteligência artificial para coletar informações, produzir conteúdo e distribuir notícias.

Segundo a pesquisa, os principais motivos para usarem essa tecnologia são: tornar o trabalho dos jornalistas mais eficiente (68%), fornecer conteúdo mais relevante para os usuários (45%) e melhorar a eficiência dos negócios (18%). Já em relação ao que poderia ajudar a enfrentar os desafios de um futuro com a inteligência artificial, 44% responderam treinamentos, educação e alfabetização, e 43% mencionaram a necessidade de recrutar pessoas com novas habilidades.

A inteligência artificial deve ser vista como uma aliada já que procura, processa, filtra e sugere os conteúdos que devem ser transmitidos. Há quem já utilize a tecnologia para processar dados e transfomá-los em notícia, como é o caso da Narrative Science, empresa norte-americana. Ou ainda agências de notícias como Associated Press que utiliza a ferramenta Automated Insights, responsável por ajudar as organizações a melhorar sua comunicação e tomar as melhores decisões através do poder das histórias orientadas por dados. No Brasil existe um robô checador de informações chamado “Fátima” do Aos Fatos, que atua no WhatsApp, Messenger e Twitter.

O valor dos dados e da inteligência artificial é imensurável e pode ser refletido, por exemplo, no processamento de um grande volume de dados coletados via redes sociais, ou na busca por informações segmentadas ou sazonais. Com a ajuda da tecnologia é possível analisar os dados corretamente, promover o cruzamento deles e obter novos insights, seja para o jornalismo ou para qualquer outra área.

Vejo um futuro brilhante com a colaboração entre os seres humanos e as máquinas, já que ambos possuem características únicas para a descoberta de novas formas de trabalho. A tecnologia nos proporciona agilidade, precisão e trabalho ininterrupto, já através do nosso trabalho, proporcionamos atividades com criatividade, senso crítico e empatia.

Sobre a Hitachi Vantara
A Hitachi Vantara, uma subsidiária integral da Hitachi, Ltd., ajuda os líderes orientados a dados a encontrar e usar o valor em seus dados para inovar de forma inteligente e alcançar resultados que importam para as empresas e a sociedade – o que chamamos de linha de fundo duplo. Apenas a Hitachi Vantara combina mais de 100 anos de experiência em tecnologia operacional (OT) e mais de 60 anos em TI para desbloquear o poder dos dados do seu negócio, do seu pessoal e das suas máquinas. Ajudamos as empresas a armazenar, enriquecer, ativar e monetizar seus dados para melhorar as experiências de seus clientes, desenvolver novos fluxos de receita e reduzir seus custos de negócios. Mais de 80% da Fortune 100 confia na Hitachi Vantara para soluções de dados. Visite-nos em www.hitachivantara.com.

Contatos para Imprensa:
(11) 98933-4840
Laiza Piassali – laizapiassali@aboutcom.com.br
Manuel Quilarque – manuelquilarque@aboutcom.com.br
Weslley Morais – weslleymorais@aboutcom.com.br

pt