Brincadeira turbinada

Roguen Keller
Incubação e avaliação de tecnologia
Hitachi Vantara

Como vários outros itens, os brinquedos evoluíram ao longo do tempo. O que permanece é a maneira como unem as pessoas: os brinquedos são mais divertidos quando compartilhados, certo? Roguen Keller mostra como ser criativo com brinquedos pode encorajar a colaboração e a inovação.

Conforme as empresas começaram a recorrer às comunidades de desenvolvedores como seu principal recurso, Roguen, integrante da equipe de incubação e avaliação de tecnologia na Hitachi Vantara, identificou a necessidade de fortalecer esse setor internamente. De acordo com ele, "o apoio e uma conexão mais direta com nossos desenvolvedores eram lacunas que víamos na Hitachi Vantara." Para resolver esse problema, Roguen estabeleceu como objetivo conectar as equipes de engenharia e de implementação, usuários finais e até mesmo integrantes do conselho executivo por meio do Code1 Hitachi Developer Network Endurance Challenge.

Roguen Keller
Queria que pudéssemos trabalhar sem perceber que é trabalho.

A Code1 é uma maratona de programação voltada para IoT (Internet of Things - Internet das Coisas), com muitos desafios tecnológicos que os participantes tentam solucionar. "Uma maratona de programação de IoT como essa nunca havia sido feita antes. Queríamos adotar uma abordagem inovadora e criativa nesse evento", afirma Roguen.

Roguen teve a ideia de transformar a Code1 em um jogo. "Queria que trabalhássemos sem perceber que estávamos trabalhando", destaca Roguen. E foi o que ele fez, usando kits prontos com carros de brinquedo para desenvolver soluções inovadoras. "Os carros Anki foram um dos primeiros dispositivos complementares do evento. Também tivemos dispositivos domésticos da Amazon e Google, um drone quadricóptero, uma impressora 3D, Raspberry Pis e Lego Mindstorms, só para citar alguns", lembra Roguen. Fazer experiências com brinquedos e hackear ou até mesmo criar sua interface certamente deixa tudo mais interessante.

Para criar uma comunidade ampla e inclusiva, a maratona de programação foi aberta a colaboradores técnicos e não técnicos da Hitachi Vantara. Muitos participantes nunca programaram antes e, embora muitos tenham alguma experiência, não se identificavam como desenvolvedores. "Como não costumamos usar esse tipo de abordagem, muitos nem sabiam que tínhamos certos produtos, que poderíamos interagir com as pessoas dessa maneira ou que tínhamos uma comunidade para ajudá-los a aprender mais", destaca Roguen.

O Code1 não apenas amplia o conhecimento sobre os produtos da Hitachi, mas também ajuda os participantes a entendê-los melhor e identificar áreas para melhoria. "Os participantes tentaram aprender sozinhos sobre nossas tecnologias. Quando não conseguiam encontrar a solução, então, 1) sabíamos que havia um problema que precisava ser resolvido e 2) talvez eles nos ajudassem a preencher a lacuna em troca de uma chance de ganhar o desafio", explica Roguen.

O evento continua expandindo seu alcance. O CodeSG, realizado em Cingapura, foi o primeiro dos eventos a ser aberto para o público. Lá, foi possível testar todo o progresso alcançado até o momento com o Code1, com uma rede de desenvolvedores que não incluía apenas funcionários, mas também um público que não estava envolvido com os produtos da Hitachi ou não os conhecia.

Como o Code1 foi a primeira maratona de programação de Roguen, ele não esperava tanto sucesso. "No fim de cada evento, perguntamos aos participantes se eles recomendariam o evento a alguém e se eles voltariam. Esperava resultados mais modestos ou até negativos, mas tivemos uma nota acima de 9 em uma escala de 10 em todos os eventos. Está claro que queremos realizar o evento com mais frequência e em outras partes do mundo. Minha meta é treinar outras pessoas e compartilhar nossa receita para que possamos fazer o evento acontecer", afirma Roguen.

Com a experiência com maratonas de programação e jogos inovadores, Roguen ampliou com sucesso nossa colaboração com desenvolvedores no mundo todo. Conforme os setores e as tecnologias evoluem, a Hitachi Vantara evolui com eles, graças à Roguen e às maratonas de programação.

Você está no lugar certo!

Hitachi Data Systems, Pentaho e Hitachi Insight Group agora são uma só empresa: Hitachi Vantara.

Obtenha mais soluções e inovações em dados de um parceiro que você pode confiar.